Marketing Pessoal Em sete Passos


Como Formar Um Podcast De Sucesso


Excelente dia leitores da Agência Mestre! É muito primordial para os trabalhos de S.e.o. saber mensurar os resultados dos esforços que são efetuados, seja em campanhas de criação de links ou S.e.o. (search engine optimization) onpage, como metatags e dedicação dos elementos em uma página. E o Google Analytics é uma excelente ferramenta nesse aspecto. Inscrever seu blog no Analytics do Google tem que ser um dos primeiros passos para visualizar teu desenvolvimento, já que o Analytics oferece uma quantidade de detalhes mais que bastante para ver todos os estilos do tráfego de um blog.


Mas, será que realmente se usa todo o potencial dessa ferramenta? Normalmente as pessoas se atém a utilizar o dashboard e o tráfego vindo de referrals. No momento em que muito, utilizam o analytics pra comparar palavras chave e visitas entre 2 períodos de tempo. Todavia, existem maneiras muito primordiais de sondar outros estilos do seu website a partir do Analytics. Tais como, é possível usar o analytics pra verificar se está atacando as palavras-chave corretas, se existem incompatibilidades graves de navegação por browser, problemas com tempo de carregamento das páginas.


Mesmo que este exercício do analytics seja relativamente comum, quantidade de pessoas reduzidas utilizam esse jeito. A análise dos detalhes por período de tempo é muito curioso, possibilitando colher os resultados de um serviço diferente executado no site em uma definida data. Como por exemplo, você iniciou uma nova parceria para seu site, entretanto não tem certeza se ela está sendo tão boa assim. Uma sensacional maneira de ver se essa parceria está surtindo efeito é comparar o mês anterior e o mês posterior a uma determinada mudança. Se a quantidade de visitas for superior e a particularidade dessas visitas for significativa - o bounce rate não aumentar - com certeza sua parceria está trazendo resultados positivos pra seu site.


As comparações por tempo também são muito úteis no momento em que se fala em análise de resultados de testes. Seja teste de páginas, calls to action, mudanças na estrutura das páginas e outras possíveis modificações executadas no web site. A despeito de não exista uma fórmula exata para as metatags e palavras-chave do blog, é fundamental utilizá-las da maneira mais coesivo possível. Como sabemos, as metatags são uma forma de descrever o conteúdo das páginas e, páginas mal descritas, levam a usuários insatisfeitos por descobrir um conteúdo que não estava procurando - quer dizer, mais um bounce pro blog.


Para usar o Analytics pra averiguar as suas keywords, basta comparar as top palavras chave do teu web site com as top landing pages. O conteúdo das landing pages são coerentes com as top keywords do site? Se sim, fantástico. Senão, compensa reavaliar as metatags das páginas. Os browsers mais utilizados no Brasil são o Web Explorer, Firefox e Chrome (nesta ordem).


Assim sendo, é essencial que seu site possa ser visualizado adequadamente nesses três. Quando suceder alguma incompatibilidade com o Web Explorer, como por exemplo, por ventura os visitantes que utilizam esse browser irão ir menos tempo no web site, ou mesmo acarretar em um bounce. É possível analisar se existe alguma incompatibilidade delicado de navegação pelo Analytics. Browsers. Lá é possível analisar o tempo médio, bounce rate (e também outras dicas) a respeito de os visitantes que utilizam cada browser.


Se você perceber grandes diferenças no bounce rate e tempo médio entre os navegadores, compensa checar mais atentamente possíveis dificuldades pela visualização do website nos navegadores. Usuários que utilizam conexão discada geralmente passam alguns segundos a mais no site do que os visitantes que utilizam DSL e novas conexões mais rápidas. Portanto, se acontecer o contrário, suas páginas eventualmente estão muito pesadas - tenha em mente: ninguém tem paciência para esperar páginas muito demoradas.

  • Dê prioridade aos programas de afiliados
  • 4 Elementos Importantes da Página de Captura
  • 14 - Pinterest
  • dois Balanceamento de rede 2.Um Exemplo
  • Se você tem mais conhecimentos e experiências, use-a a teu favor

Se houver diferenças muito grandes entre os tempos que os usuários permanecem nas páginas, verifique o tamanho de tuas páginas. O Google Analytics é uma ferramenta muito poderosa quando se fala em otimização de web sites. No entanto, seus recursos nem sempre são muito explorados - normalmente as pessoas utilizam só alguns dados como número total de visitantes em um dado tempo, quantidade de visitas vindas de um acordada mídia social ou parceria.


Alguns exemplos de recursos que não são tão famosos são os filtros e goals - que conseguem ser usados pra observação de conversões, bounce e andamento da otimização do website. E você, tem o hábito de usar o Google analytics? Quais recursos você geralmente usa? Deixe um comentários sobre o assunto suas impressões e que usos diferentes encontrou para as informações fornecidos pelo analytics do Google.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *